A Direita Cristã e a política externa norteamericana: a construção discursiva da aliança entre Estados Unidos e Israel com base na ideologia evangélico-protestante

Resumo

Contrariando a expectativa de perda de infl uência com o avanço da odernidade, a religião tem se mostrado cada vez importante no entendimento de diversas questões atuais das relações internacionais. Dentre elas, destacamos a recentecontrovérsia sobre a infl uência do lobby de Israel na política externa norte-americana na manutenção do apoio quase irrestrito dos Estados Unidos a Israel. O objetivo deste artigo é oferecer uma explicação alternativa sobre a popularidade dessa aliança, que atribuímos mais à forma como o debate público é moldado pela Direita Cristã norte-americana do que a infl uência do lobby junto aos formuladores de política externa. Nosso objetivo é problematizar a relação entre religião, discurso e formulação de política externa, apontando como signifi cados e representações particulares da ideologia evangélico-protestante constroem, racionalizam e legitimam discursivamente o apoio à aliança entre os Estados Unidos e Israel no debate público.
PDF

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Autores mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.