A Conferência de Punta del Este cinquenta anos depois: um estudo da VIII Reunião de Consulta de Ministros das Relações Exteriores das Américas (1962)

Resumo

O artigo explora os prolegômenos e alguns desdobramentos derivados das resoluções da VIII Reuniãode chanceleres americanos, evento realizado na cidade uruguaia de Punta del Este, em janeiro de 1962.Vale lembrar que a conferência em questão se erigiu em importante episodio das relações hemisféricase da própria história da Guerra Fria, particularmente no que diz respeito à tentativa de isolar o regimerevolucionário cubano. Ao mesmo tempo, cumpre destacar que o trabalho é resultado de pesquisa comfontes primárias consultadas no Arquivo Histórico das Relações Exteriores do Brasil. De forma geral, tratasede documentação gerada pela chancelaria e pelas representações brasileiras lotadas em diferentescapitais do continente, particularmente em Washington, Havana, e Buenos Aires. Também se utilizadocumentação secundária publicada no Brasil e no exterior sobre o assunto – com destaque para ostrabalhos de Luiz Alberto Moniz Bandeira, Hélio Franchini Neto, Paulo Vizentini, e Amado Luiz Cervo.Outrossim, em termos teórico-metodológicos procura-se compreender – e eventualmente discutir – alógica dos principais atores envolvidos na questão. Finalmente, são analisadas as resoluções do conclavee seus desdobramentos imediatos.
PDF

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Autores mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.

Downloads

Não há dados estatísticos.