A Política Externa Brasileira e o Etanol: Um Exercício de Planejamento Estratégico

Resumo

Este artigo procura demonstrar que antes de haver internacionalização do etanol, como insumo quesubstitui parcialmente combustíveis fósseis, deve haver um balanço para se examinar as reais condiçõesdo poder nacional brasileiro, conjunto de itens que quando bem trabalhado pelo grupo responsável pelosfundamentos estratégicos pode contribuir para que haja inserção internacional – inserção qualificativa,fazendo com que o Estado tenha relevância na cena exterior.
PDF

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos:

  • Autores mantêm os direitos autorais e concedem à revista o direito de primeira publicação, com o trabalho simultaneamente licenciado sob a Licença Creative Commons Attribution que permite o compartilhamento do trabalho com reconhecimento da autoria e publicação inicial nesta revista.
  • Autores têm autorização para assumir contratos adicionais separadamente, para distribuição não-exclusiva da versão do trabalho publicada nesta revista (ex.: publicar em repositório institucional ou como capítulo de livro), com reconhecimento de autoria e publicação inicial nesta revista.